"> campo mourão – Familiari Odontologia

Atendimento : Segunda à sexta das 8h ao 12h das 13h30 às 18h
  Contato : 44 3524-1282 | 9845-5958

All Posts Tagged: campo mourão

Posso extrair os 04 sisos de uma vez ?

Uma dúvida comum quanto à remoção dos dentes do siso é a quantidade de dentes que se pode retirar em apenas uma consulta. A resposta é simples: pode-se extrair os 04 sisos de uma vez! Para alguns, a retirada dos quatro dentes traz receios. Contudo, com o uso da técnica correta, a extração de todos os sisos de uma vez traz benefícios ao paciente.

Para o Dr. Carlos Mecca, especialista e Mestre em Cirurgia e Traumatologia-Buco-Maxilofacial e Pós-Graduado em DTM e dor Orofacial, a preocupação principal é a dor: “As pessoas acreditam que a extração dos 04 dentes pode ser mais dolorosa, mas não é verdade. O procedimento é 100% indolor, por causa da anestesia, e não é demorado. Para casos não complexos, em aproximadamente 1 hora é possível extrair todos os sisos”, afirma.

Segundo o especialista, ao se tratar do inchaço e da recuperação, não muda muito tirar dois de cada vez ou os quatro. “Vai depender da cirurgia e também da medicação indicada, lembrando que cada organismo responde de uma forma. Quando seguimos todos os protocolos da remoção e o paciente está bem medicado, a recuperação passa a ser a mesma”, destaca Carlos.

Após a extração, o paciente pode ter um certo desconforto, é necessário tomar os medicamentos receitados, evitar esforços e ter uma alimentação moderada para não ferir mais a região operada. Sempre mantendo uma boa higienização da boca. Para o dentista, a vantagem de extrair os quatros dentes de uma vez é a facilidade e agilidade. “O paciente vem apenas uma vez na clínica para a extração e a recuperação é única, além da medicação, atestado e repouso também serem somente uma vez, já que não vai precisar fazer a extração novamente”, finaliza.

 

 

Leia mais

DTM: como lidar com a dor e ter qualidade de vida?

O cirurgião dentista capacitado possui técnicas específicas e tratamentos adequados para quem sofre de Disfunção Temporomandibular

Você sabia que por trás de sintomas como dores de cabeças frequentes, dificuldade de mastigar ou até mesmo dores no ouvido pode estar a Disfunção Temporomandibular (DTM)? Quem sofre de DTM convive com o desconforto  e é o cirurgião dentista que possui as técnicas específicas e tratamentos adequados.

O Dr. Carlos Mecca, Mestre e Especialista em Cirurgia e Traumatologia-Buco-Maxilofacial e Pós-Graduado em DTM e Dor Orofacial, explica que como a DTM não se restringe apenas à boca, é comum que o paciente recorra a outros profissionais. “O paciente que tem DTM até chegar ao consultório odontológico já passou por diversos profissionais de saúde, porque sente dores que, num primeiro momento, não são associados à saúde bucal, como : dores de cabeças intensas, dores no pescoço e no ouvido, dificuldade para abrir e fechar a boca ou ainda ouvir barulhos ao fazer esse movimento”, detalha.

Mecca afirma que quem sente dores no maxilar, dificuldade durante a mastigação e estalos ou travamentos na mandíbula, deve ficar atento e buscar ajuda profissional qualificada. “São sintomas que deixam a vida da pessoa desconfortável e as dores causadas pela DTM podem levar a casos mais extremos, como o deslocamento da mandíbula, que gera muita dor ao paciente”, destaca.

Outros fatores que também estão associados à DTM são o estresse e a ansiedade, que alteram a contração da musculatura mastigatória. Segundo Dr. Carlos, há pacientes que sentem e convivem com dor, por causa da DTM, há anos. “Quando a dor é crônica afeta diretamente a qualidade de vida do paciente e a odontologia pode auxiliar nesse processo, evitando que a pessoa sinta tanto incomodo, com os tratamentos mais adequados, possibilitando a melhora da saúde do paciente, vivendo com mais conforto e bem-estar”.

A principal forma de diagnosticar o problema é por meio de uma consulta, na qual o cirurgião dentista vai investigar caso a caso a queixa do paciente, realizando exames clínicos, além de exames complementares, quando necessário. Após a constatação da DTM, o cirurgião dentista vai indicar o melhor caminho para cuidar do problema.

Leia mais

Implantes: comece o ano sorrindo e com qualidade de vida

Já que o ano só começa, de verdade, depois do Carnaval, agora é a hora de você colocar seus novos planos em prática! E tudo isso fica melhor se o sorriso estiver lindo e saudável. Você pode sorrir para 2018, com mais saúde, segurança e beleza, por meio dos implantes dentários – opção de tratamento eficaz e rápida para quem usa dentadura; para quem perdeu ou tem risco de perda de dente por trauma ou doença periodontal e para aqueles que querem um sorriso mais harmônico e bonito.

Segundo o Dr. Carlos Mecca, responsável técnico e cirurgião dentista da Familiari Odontologia, ter um sorriso bem cuidado faz toda a diferença. “É bom para a pessoa tanto na vida pessoal e na vida profissional. É uma questão de bem-estar e autoestima e é cientificamente comprovado que uma boca saudável traz benefícios. Por isso, aproveitar esse início do ano é propício para o tratamento de implantes. Dessa forma, o paciente já inicia o ano com mais qualidade de vida, além de obter um sorriso mais bonito”, enfatiza.

Para destacar os benefícios do implante dentário, o Dr. Carlos, listou as 05 vantagens do procedimento:

  • Eficiência: os implantes possuem eficiência na mastigação, pois os dentes implantados são muito semelhantes aos dentes naturais;
  • Segurança: o tratamento de implantes hoje tem altos índices de sucesso, que chegam a 98%, devido às novas técnicas modernas da Odontologia;
  • Mastigação: melhora a oclusão ou seja devolve ao paciente as condições ideais da articulação da mandíbula e de alimentação;
  • Indolor e Rápido: A dor é mínima no procedimento e a recuperação é rápida e tranquila, devidamente orientada;
  • Estética: promove resultados estéticos surpreendentes e o antes e depois de um paciente comprovam isso.

 

Leia mais

Especial Dia dos Avós: como garantir a saúde bucal na terceira idade?

O segredo para ter dentes saudáveis na terceira idade é fazer consultas periódicas com seu dentista (para exames completos e limpeza) e escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia, sem esquecer de usar o fio dental pelo menos uma vez ao dia.

De acordo com o cirurgião dentista da Familiari Odontologia, Dr. Carlos Mecca, a queixa mais comum de pessoas com mais idade, é o incomodo com a dentadura e/ou a ausência dos dentes. Dr. Carlos afirma que a ausência parcial ou total de dentes leva a uma redução na capacidade mastigatória: “Pois o paciente evita alimentos consistentes e fibrosos, deixando de ingerir nutrientes essenciais para a boa qualidade da sua dieta e que contribuem para exacerbar os problemas sistêmicos que, por sua idade, já possa estar apresentando”, aponta.

A solução para esse problema é o implante dentário, que melhora a estética e, principalmente, a função, podendo o paciente mastigar os alimentos com segurança e precisão. “Hoje, a Odontologia permite ao indivíduo desfrutar de um envelhecimento com boa qualidade de vida física, social e psicológica”, destaca.

Segundo o dentista, não há contraindicação para o uso de implantes em idosos. “A expectativa de vida das pessoas aumentou, então, é comum que pessoas acima de 60 anos se submetam ao implante dentário para viver uma vida melhor, com autoestima e satisfação ao se alimentarem, sem reservas ao sorrirem”, garante.

Abaixo, o Dr. Carlos listou mais alguns problemas comuns na terceira idade. Confira:

– cáries e os problemas com a raiz dos dentes

– sensibilidade: com o passar do tempo é normal haver retração gengival que expõe áreas do dente que não estão protegidas pelo esmalte dental. Estas áreas podem ser particularmente doloridas quando atingidas por alimentos e bebidas quentes ou frias.

– boca seca: este problema pode ser causado por medicamentos ou por distúrbios da saúde. Se não tratado, pode prejudicar seus dentes. Seu dentista pode recomendar vários métodos para manter sua boca mais úmida, como tratamentos ou remédios adequados para evitar a boca seca.

– gengivite: especialmente em pessoas de mais de 40 anos, como as doenças gengivais são reversíveis em seus primeiros estágios, é importante diagnosticá-las o mais cedo possível.

– doença periodontal, câncer bucal, problemas oclusais.

Converse com seu dentista sobre quaisquer problemas de saúde para que ele possa ter uma visão completa da situação e para que possa ajudar você de forma mais específica.

Leia mais

Saúde Bucal: já fez seu check-up?

A prevenção é a melhor maneira de cuidar do seu sorriso e da saúde da sua boca. O ano de 2017 já está na metade, e você já fez seu check-up e agendou consulta com o seu dentista?

A Familiari Odontologia conta com profissionais especializados para os cuidados com a sua saúde bucal, além de oferecer o Check-up Digital, uma avaliação preventiva que se faz por uma câmera intra-oral de alta definição capaz de aumentar em até 60 vezes o tamanho do dente. Para o diretor clínico da Familiari, o cirurgião denstista, Dr. Carlos Mecca, o Check-up Digital facilita a avaliação da saúde da boca do paciente.  “Obtemos imagens bem ampliadas, dessa maneira a avaliação é feita com precisão, consegue-se ver detalhadamente um dente, verificar o início de uma infiltração ou detectar uma cárie que ainda não poderia ser vista a olho nu, por exemplo”, explica.

Segundo o dentista, o Check-up Digital e a frequência no dentista a cada 06 meses evita problemas e complicações futuras. “Quando realizado periodicamente, o check-up é capaz de detectar um problema logo no início, o que influencia no processo de recuperação. E o tratamento acontece de forma precoce, sem traumas, com custo mais baixo e a saúde é mantida sob controle”, ressalta.

O resultado do Check-up Digital sai na hora mesmo e o paciente pode acompanhar todo o procedimento que é feito pelo dentista, porque as imagens são transmitidas para uma TV, que fica na sua frente, onde ele pode ver o que está acontecendo e o que está sendo avaliado. Exames clínicos e radiológicos também são realizados durante o Check- up Digital.

 

Leia mais

Mês da Mulher: Harmonização Facial

Toxina Botulínica, Preenchimento de rugas e lábios, Lipoescultura de Papada (não cirúrgica), Lifiting Facial com fios de sustentação, Mesolifiting e Bichectomia são as novas técnicas em Harmonização Facial oferecidas na Familiari Odontologia e Bem-Estar Bucal.

No mês de Março, mês dedicado às mulheres, a Familiari Odontologia vai divulgar e intensificar as informações a respeito desses procedimentos muito procurados pelo público feminino. “Queremos atualizar as mulheres sobre o assunto, já que são as que mais se interessam pela área. Assim, elas podem tirar dúvidas, estudar e analisar cada procedimento, antes de o realizarem”, afirma o cirurgião dentista, especialista e mestre em Buco-Maxilo-Facial, Dr. Carlos Mecca, diretor clínico da Familiari Odontologia.

Segundo o Dr. Carlos, é fundamental que se busque conhecimento a respeito da Harmonização Facial, a nova área da atuação da Odontologia. “Existem muitas dúvidas, principalmente, a respeito do profissional que é capacitado para realizar os tratamentos, por isso sempre indicamos que a pessoa interessada pesquise sobre o assunto e converse com um profissional especializado”, enfatiza.

Além de procedimentos clássicos como clareamentos, implantes, aparelhos ortodônticos e lentes de contato, os procedimentos que integram a Harmonização facial são:

Toxina Botulínica

Na Harmonização Facial é um procedimento que visa um equilíbrio funcional muscular que traz um ganho estético, é pouco invasivo, muito seguro e muito eficaz na harmonização do sorriso e do rosto.

 

Preenchimento de rugas e lábios

É uma importante substância utilizada na Harmonização Facial, tanto para o preenchimento labial como para a correção de marcas de expressão que a Toxina Botulínica não consegue corrigir, como o “bigode Chinês”.

 

Lipoescultura de Papada (não cirúrgica)

Retira o queixo duplo, que prejudica o contorno da face, produzindo um aspecto de envelhecimento e sobrepeso. Trata-se de uma opção rápida e segura, sem necessidade de cortes e afins.

Lifiting Facial com fios de sustentação

Um tratamento que promove a restauração facial: devolve o volume às maças do rosto, ergue a sobrancelha, ameniza as marcas como o sulco nasogeniano, sorriso invertido e flacidez na região do pescoço.

Mesolifiting

Devolve a pele os componentes básicos que vão se perdendo com o passar do tempo, combatendo: a flacidez, o envelhecimento, também atenuar as rugas e as pigmentações. Essa técnica garante uma melhoria notável na firmeza dos tecidos e contorno facial, melhoria da qualidade da pele e diminuição de rugas e manchas.

Bichectomia

Tem por objetivo a redução do volume das bochechas a partir da remoção de uma gordura chamada Gordura de Bichat, sendo que a remoção desta gordura das bochechas pode gerar um beneficio funcional para aquelas pessoas que costumam morder muito as bochechas e um benefício estético para aquelas pessoas tem o rosto mais gordinho.

Para mais informações, agende uma consulta personalizada, clique aqui. 

Leia mais

Cirurgia ortognática: qual a indicação?

A técnica é conhecida por mudar o rosto do paciente, alterando a posição do maxilar, queixo e gengiva

Queixos desproporcionais e gengivas muito aparentes são algumas das características de pacientes que necessitam de cirurgia ortognática. Conhecida por transformar o rosto das pessoas, famosos como a atriz Ingrid Guimarães já se sujeitaram à técnica, buscando não somente a melhora da estética, como também das funções mastigatórias e respiratórias.

O cirurgião dentista, Dr. Carlos Mecca, diretor clínico da Familiari Odontologia e Bem-Estar Bucal, explica que as pessoas que fazem a ortognática têm alterações de crescimento ósseo dos maxilares, que causam deformidade na face e alterações na mordida. “Essa deformidade pode ou não provocar dores na musculatura ou nas articulações e causar problemas na respiração, quando a pessoa respira pela boca. Além é claro de impedir uma mastigação adequada, visto que não se consegue morder direito”, ressalta.

Segundo o dentista, devido aos benefícios e às mudanças que provoca, a cirurgia é conhecida por mudar a vida de quem a faz. “Estamos falando de pessoas que passam anos sem morder direito, que sofrem para respirar adequadamente e que, muitas vezes, passam por situações constrangedoras por causa da aparência. Então, quando o paciente se submete à ortognática, não muda apenas a sua fisionomia e suas funções mastigatórias e respiratórias, muda a sua vida por completo, principalmente na questão do relacionamento com as pessoas”, afirma.

Função, estabilidade do resultado e melhora estética são os resultados da cirurgia ortognática, que deve ser feita após a puberdade, quando os maxilares já se desenvolveram completamente. O tratamento também inclui o uso de aparelho ortodôntico antes da cirurgia.

 

Leia mais

Aparelho ortodôntico: sorriso bonito e saudável

Grande parte da população sofre com o desalinhamento dos dentes ou mesmo com os espaços indesejados entre um dente e outro. Problemas como esse não afetam apenas a questão estética do sorriso, mas, principalmente, a saúde bucal, prejudicando as funções mastigatórias.

O diretor clínico da Familiari Odontologia, o cirurgião dentista, Carlos Mecca, explica que a má oclusão (mordida errada), dentes desalinhados e arcadas que não se encaixam devidamente são problemas comuns, que afetam desde as crianças até os adultos. “São fatores que podem ser hereditários ou serem resultados de chupar o dedo, chupeta, perda prematura de um dente ou mesmo a causa de um acidente”, avalia.

O dentista atenta para a importância de um tratamento ortodôntico nos casos citados. “Essas situações costumam dificultar a higiene bucal diária, facilitando o aparecimento de cáries, assim como uma mordida incorreta influencia na mastigação e na fala, o que pode causar um desgaste anormal ao esmalte do dente e levar a problemas com as arcadas”, explica.

Dr. Carlos lembra que quanto antes se inicia o uso do aparelho, mas tranquilo pode ser o tratamento. “A ortodontia pode ser iniciada ainda na infância, quando os pais percebem que há um desalinhamento nos dentes, por exemplo. Os adultos também podem e devem usar aparelho quando há necessidade, tudo depende da avaliação do cirurgião dentista, pois esse profissional vai indicar a melhor solução para o paciente”, destaca.

Existem diversos aparelhos ortodônticos com diferentes finalidades, como: o aparelho fixo composto por brackets de metal, o aparelho estético de cerâmica, o móvel, entre outros. Mecca salienta que após o tratamento é evidente a melhora. “A Odontologia tem recursos que deixam o sorriso da pessoa como ela deseja, além de acabar com problemas relacionados à mastigação e fala”, afirma.

Segundo o dentista, hoje há facilidades para os tratamentos ortodônticos. “Na Familiari Odontologia trabalhamos com planos acessíveis, englobando o aparelho e a manutenção, além de contar com profissionais especializados para atender crianças e adultos”.

A clínica Familiari oferece avaliações gratuitas e personalizadas.  Os agendamentos podem ser feitos pelo site (www.familiariodontologia.com), ou telefones: (44) 3524-1282 ou 9845-5958. A clínica atente também por convênios como Fundação Copel; Fundação Sanepar e APP – Sindicato.

Leia mais

Familiari Odontologia completa 01 ano em Campo Mourão

Atendimento personalizado e humanizado para a cidade e região

Hoje, 26 de maio, a Familiari Odontologia e Bem-Estar está completando 1 ano de inauguração. Localizada na Av. Irmãos Pereira, 1991, perto da praça do Fórum, a clínica oferece diversos tratamentos odontológicos à população de Campo Mourão e região.

Com mestrado e especialização na área de Cirurgião Buco-Maxilo-Facial, o cirurgião dentista, Dr. Carlos Mecca, diretor clínico da Familiari, ressalta que, desde a implantação, o objetivo é promover a qualidade de vida por meio da saúde bucal. “Buscamos valorizar o bem-estar físico, estético e emocional de quem nos procura. Atendemos há 8 anos já na cidade e região, e, hoje, a clínica com o nome e a estrutura Familiari completa 1 ano, oferecendo serviços diferenciados com profissionais qualificados”, afirma.

O reconhecimento da clínica vem dos próprios pacientes. “Escutei uma entrevista do Dr. Carlos na rádio e agendei um horário. Gostei muito da Familiari, desde o atendimento ao tratamento. Além do serviço que é bem feito, há cuidado com a gente e simpatia”, avalia Izolda Aparecida Framesque de Souza, uma das pacientes.

Com ambiente pensado em harmonia e equilíbrio, a Familiari Odontologia e Bem-Estar Bucal conta com os serviços de: Implantes, Lentes de Contato, Ortodontia, Restaurações e Clareamento, Próteses, Tratamento de Canal, Pediatria e Cirurgia Buco-Maxilo-Facial. O agendamento de consultas pode ser feito on-line pelo site http://www.familiariodontologia.com/ ou pelos telefones (44) 3524-1282 / (44) 9845-5958. Mais informações também pelo Facebook: www.facebook.com/familiariodontologia

Destaque 2016

Em pesquisa realizada entre os dias 26 e 29 de abril de 2016, a Familiari Odontologia foi apontada como destaque no que se refere ao atendimento e à qualidade em Campo Mourão, no segmento da Odontologia. O reconhecimento foi por indicação pública, em pesquisa realizada pela empresa Conquista Pesquisa.

 

Depoimento de pacientes

João Dimas
“Parabéns, muito sucesso com a mesma eficiência.”

 

Gilmar de Gouvea
“Gostaria de parabenizar à família Familiari, na figura do amigo e do profissionalismo do Dr Carlos Mecca, pelo primeiro ano de muitos que virão… Parabéns!!!”
Izolda Aparecida Framesque de Souza
“Escutei uma entrevista do Dr. Carlos na rádio e agendei um horário. Gostei muito da Familiari, desde o atendimento ao tratamento. Não é só o serviço que é bem feito, há cuidado com a gente e simpatia. Indico, sem dúvida, a clínica. E desejo tudo de bom para esse primeiro ano! Que Deus abençoe e que continue dando tudo certo por muitos e muitos anos”.

 

Mauricio Rossin
“Tudo o que eu precisava foi solucionado, meus problemas foram resolvidos com muita precisão, profissionalismo e bom atendimento. Recomendamos, porque valeu a pena!”

 

Maria Ângela
“Parabéns ao Dr Carlos Meca , um excelente profissional. Fiquei muito agradecida com o trabalho que fez em mim, porque a todo momento procurou saber o que eu queria”.

 

Elizabeth Dugloz
“Feliz Aniversário Clínica Familiari. Que seja mais um ano de vitórias em todos os aspectos. Parabéns para toda equipe.”

Leia mais

Restauração: quando fazê-la?

A maioria das pessoas tem dúvida quanto à restauração, que é um procedimento da área da odontologia que engloba os tratamentos para cáries ou traumas. A restauração, obturação ou denstística restauradora é indicada para acabar com a cárie e com a dor de dente, em determinados casos. Trata-se da reconstrução do dente, no qual são utilizados materiais como a resina, que é da cor do dente, ou o amálgama que é de cor prateada.

O diretor clínico da Familiari Odontologia, o cirurgião dentista, Dr. Carlos Mecca, explica que se faz a limpeza de toda a zona cariada, antes da restauração. “Essa limpeza é feita com um aparelho próprio e, após, coloca-se resina, ou amálgama, uma massinha de cor branca, ou cinzenta por cima do dente para cobrir a região. Por fim, o dente é polido, dando o acabamento final do material restaurador. Isso evita o surgimento de novas cáries no mesmo local”.

Segundo o dentista, a restauração deve ser feita mediante a avaliação, sendo importante para: eliminar cáries, evitar dor de dente, recuperar o formato dos dentes e melhorar a aparência. Dr. Carlos alerta que o não tratamento da cárie pode levar ao comprometimento dos tecidos dentários e provocar diversas adversidades. “A pessoa pode ter dores cada vez mais frequentes e intensas e, como, consequência, a necessidade de tratamento de canal, que é um tratamento mais invasivo. Há muitos casos de ocorrer até mesmo a perda do dente”, ressalta.

O dentista lembra que para quem já tem restaurações é fundamental a reavaliação a cada 06 meses. “O dente restaurado é sempre mais vulnerável que o dente íntegro, por isso a necessidade de verificar como estão as restaurações, mantendo visitas constantemente ao consultório odontológico”, afirma.

Leia mais